Política

Loading...

ACESSOS

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Rastro escandaloso 'Eurípedes Junior'


No rastro do escândalo de Pernambuco, quando o deputado federal João Maia acusou o presidente nacional do PROS, Eurípedes Junior, de oferecer vantagens financeiras para que ele trocasse de palanque, abandonando o senador Armando Monteiro e aderisse a Paulo Câmara, do PSB, há o temor que novas denúncias envolvendo negociatas com esse mesmo partido explodam por todo o País.

Não cheiram bem como foi fechado o acordo para o PROS apoiar a candidatura de Paulo Skaff, e também é digna de investigação do Ministério Público Eleitoral os termos das negociações do governador Cid Gomes com o presidente Eurípedes Junior para que o PROS nacional não decretasse intervenção no Ceará.

Evidente, que Eurípedes, Skaff e Cid negam a existência de qualquer ilegalidade nos entendimentos firmados entre eles.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

As Divagações da Política do DF por Odir Ribeiro.

Arrependidos

Mal a campanha começou e já tem candidato arrependido de ter escolhido o partido “errado”. A desilusão nesse período é total.

Seduzidos

Na hora da filiação aos candidatos são ofertados o “céu e a terra”. Mas, na hora "H" todos ficam a “ver navios”. As promessas foram levadas pelo vento.

Desamparados

O desamparo desses candidatos é total e quando a ajuda vem é à conta-gotas, o candidato se queima com os seus cabos eleitorais e no dia de abrir as urnas a decepção é certa.

Rindo a toa

Enquanto isso, alguns presidentes de partido estão com as “burras cheias” e vão curtir as suas férias em Miami. E os candidatos ficam com as dívidas e as desilusões.

Números pífios

Pessoas próximas ao governador Agnelo tem uma pesquisa em mãos mostra que as intenções de voto do governador Agnelo Queiroz não passam dos 13%.

Vale tudo

O Facebook virou um comitê eleitoral generalizado. Para aparecer bem na fita os candidatos tiram fotos até com os bebinhos da pitchulinha. No jogo de cena vale tudo.

Quieto

O candidato José Roberto Arruda (PR) adotou o tom mineiro na sua campanha, comendo pelas beiradas e sem alarde. Nada de bravatas.

Ignorando

O governador Agnelo Queiroz, quando participa de atos políticos tem evitado ao máximo falar o nome do seu oponente, José Roberto Arruda. A estratégia é mostrar as realizações do seu governo.

Escondidos

Aviso: a maioria dos candidatos que "apoiam" o governador Agnelo Queiroz não está colocando o nome do governador em seus santinhos. Algo está errado nessa história. Eu já alertei aqui

Expresso DF

Mesmo considerando “o jogo vencido” na questão do transporte público no DF, o governador Agnelo não perde por esperar caso seja reeleito. O jornalista Chico Sant’anna, especialista em mobilidade urbana e candidato a deputado distrital, pelo PSol, promete, caso eleito, tirar o sossego do GDF e denunciar o que ele considera erros graves no projeto que o GDF considera “a menina dos olhos”.

Entendido no assunto

Quem já ouviu Chico Sant’anna falar sobre mobilidade urbana, já imagina o tamanho do barulho que o próximo governador do DF será obrigado a ouvir, caso Chico seja eleito.

Fonte: Por Odir Ribeiro e colaboração especial de Francisco de Paula Lima Jr.

Fraga reúne lideranças para lançamento oficial de campanha

IMG_1071O presidente do Democratas/DF, Alberto Fraga, recebe amigos, lideranças e políticos para o lançamento oficial de sua campanha para deputado federal. Fraga já foi deputado por três mandatos e na última eleição concorreu a uma vaga ao Senado. Durante o evento será inaugurado o comitê central do candidato.

“Será uma longa caminhada até o dia 05 de outubro, serão dias de muito trabalho, mas estou confiante. Tenho propostas e trabalho realizado para mostrar para a população”, diz Fraga. O candidato foi deputado federal do Distrito Federal com mais leis aprovadas, são 11 no total.

Reconhecido como um dos maiores especialistas em Segurança Pública do país é autor de leis ligadas à área como as que tipificam como crime o ingresso, promoção, uso ou facilitação de celulares em presídios sem autorização legal, o sequestro relâmpago e a que determina que os estabelecimentos penais destinados às mulheres tenham por efetivo de segurança interna somente agentes do sexo feminino.

Candidato a deputado federal Fraga quer continuar trabalhando pela Segurança Pública, por isso propõe acabar com a maioridade penal; implementar o trabalho obrigatório para os presos; cumprimento integral das penas e acabar com os saidões para presos perigosos.

O evento está marcado para a próxima quinta-feira (24), às 19h, na Colônia Agrícola Vicente Pires, chácara 122 lote 24, em frente ao posto da Companhia de Polícia Rodoviária da Estrutural.

Fonte: by Sandro Gianelli.

Batendo cabeças 'Dilma Rousseff x Aécio Neves'


A semana mostrou que os dois principais candidatos ao Planalto - Dilma e Aécio - enfrentam crises em suas campanhas. Aécio Neves comprovou que sua equipe de comunicação, à frente Otavio Cabral e Gustavo Krieger, não está dando conta de explicar o escândalo do aeroporto construído na fazenda de um tio em Minas Gerais. E essa denúncia publicada na Folha de São Paulo no domingo só cresceu de envergadura durante a semana diante de ineficiência dos assessores do candidato. Há quem aposte que Aécio está com saudades da eficiência, como no caso ANC.

Já a presidente Dilma Rousseff foi forçada a mudar de atitude, recuar em suas decisões, decidir ir mais cedo para as ruas, e ouvir e fazer mais a vontade de Lula, a contragosto, sob pena de jogar fora a sua reeleição.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Irritação crescente 'Silas Malafaia'


Ao saber do crescimento da tensão entre o Planalto e o pastor Silas Malafaia, Lula desabafou: quando Dilma e seus protegidos irão parar de fazer bobagem? Só quando perderem à reeleição. Indignado, Lula cobrou de Dilma Rousseff que escolhesse um interlocutor para procurar Malafaia e resolver esse impasse.

Não é oportuno comprar briga com os evangélicos num momento em que a economia vai mal, e as notícias negativas dominam o noticiário.

A presidente da República concordou e responsabilizou ao ministro Guido Mantega por não controlar seus subordinados. Lula disse que não quer saber de quem a culpa, só quer o problema solucionado.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Guerra nada santa 'Dilma Rousseff & Silas Malafaia'


A abertura pela presidente Dilma Rousseff às pressas de um comitê evangélico teve um objetivo estratégico em sua campanha eleitoral: diminuir o impacto das críticas que o pastor Silas Malafaia vem fazendo a ela e ao PT.

Malafaia acusa o Planalto de o estar perseguindo com o intuito de silenciá-lo e inibir suas opiniões. Denunciou em seu programa de TV que a Associação Vitória em Cristo presidida por ele sofre uma devassa desde o ano passado da Receita Federal.

O pastor Silas Malafaia sustenta que a presidente Dilma e o PT perdem tempo pois ele continuará acusando esse partido de não servir aos interesses do Brasil e Dilma de não ser o melhor nome para continuar comando o País.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

PT do Rio: Revoltado com boicote de Dilma à candidatura de Lindberg


Você me abandonou - O PT do Rio é um pote até aqui de mágoa com Dilma Rousseff. Aliados de Lindberg Farias estão revoltados com o que chamam de boicote à sua candidatura ao governo do Estado. A presidente, que evita aparecer ao lado do senador, jantará hoje com o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e prefeitos aliados. O encontro será em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, reduto eleitoral de Lindberg. Os petistas veem a escolha da cidade como “provocação” do Planalto.

Olha o bico dele - Os petistas dizem que o PMDB já embarcou no voto “Aezão” e está comprometido com o tucano Aécio Neves. “Só a campanha da Dilma não vê que o apoio do Pezão é falso”, diz o presidente estadual do partido, Washington Quaquá.

Não é o Baixinho - Para o PT fluminense, as críticas de Romário (PSB/RJ) a Dilma têm sido usadas como pretexto para justificar a preferência pelo peemedebista. O ex-craque é candidato ao Senado na chapa de Lindberg.

Lista tríplice - O presidente nacional do PT, Rui Falcão, vai se reunir amanhã com o candidato do partido no Rio. Mas também falará com seus rivais Anthony Garotinho (PR) e Marcelo Crivella (PRB).

Jogando contra - A cúpula do PMDB identificou pressão para que prefeitos do partido faltem ao jantar com Dilma. O presidente estadual da sigla, Jorge Picciani, é o líder do movimento “Aezão”.

Clube do bolinha - Na corrida ao Senado, Romário é franco favorito entre os eleitores do sexo masculino. Ele atinge 38% das intenções de votos dos homens, contra 22% de Cesar Maia (DEM). Entre as mulheres, o ex-prefeito é quem vence: 25% a 21%.

Geração tetra - O ex-craque tem seu melhor desempenho entre entrevistados de 25 a 34 anos, com 36% no Datafolha. Esses eleitores eram crianças quando ele foi eleito o melhor jogador do mundo e ergueu a Copa de 1994.

Sonho meu - Azarão na disputa entre Romário e Cesar Maia, o pedetista Carlos Lupi espera ter apoio de Dilma, que o demitiu do Ministério do Trabalho na “faxina” de 2011. “Não que eu seja grande coisa, mas meus adversários são piores…”, diz.

Depois cresce - Na reunião de terça-feira com partidos aliados, Dilma reconheceu o cenário difícil para a economia até o fim do ano, mas estabeleceu como meta de um eventual segundo mandato uma expansão do PIB de 2,5% a 3% ao ano.

Lavradora - A presidente disse que a prioridade até dezembro é plantar sementes para os próximos quatro anos, mantendo emprego e inflação dentro das metas.

Balcão - O comitê de Dilma reunirá hoje líderes regionais de 22 Estados. Foram convidados prefeitos de capitais como Porto Alegre, Goiânia, Fortaleza e Macapá.

Não é com ele - Aliados de Eduardo Campos (PSB) repetiam ontem que o relato do deputado José Augusto Maia (Pros) sobre oferta de propina para apoiar seu aliado Paulo Câmara (PSB) é “questão local” de Pernambuco.

Nem com a gente - Na contramão da campanha presidencial, aliados de Câmara diziam que a negociação com o Pros foi conduzida pela bancada do PSB no Congresso, e não por líderes locais.

Fonte: Coluna Painel - Portal UOL.

Opinião: O entra e sai na berlinda

 
Se até aqui Dilma Rousseff estava na defesa, e Aécio Neves e Eduardo Campos no ataque, agora Dilma sai da berlinda e a oposição entra. Mais uma inversão na balança de uma eleição em tudo emocionante. 

Enquanto o TCU livra a cara de Dilma na mal contada compra da refinaria de Pasadena, nos EUA, Aécio se enrola para explicar uma pista de pouso em Minas, e Campos faz tudo para se descolar de uma tentativa de suborno para o apoio de seu candidato ao governo de Pernambuco.

Isso significa que os candidatos à Presidência vão se embolando num disse que disse, mas Dilma emerge da pior fase das confusões da Petrobras, Aécio mergulha num buraco sem fundo ou sem versões convincentes, e ele e Campos resvalam em questões de cunho ético.

Dilma ficou na berlinda porque era presidente do Conselho de Administração da Petrobras quando da compra milionária de Pasadena, que representou um prejuízo altíssimo para a principal empresa brasileira, segundo o próprio TCU. Mas o relator que isentou de responsabilidade os conselheiros, inclusive Dilma, foi José Jorge, pernambucano, ex-PFL e ex-ministro de FHC. Logo, fora de qualquer suspeita. Com isso, a oposição mantém o discurso sobre a Petrobras, mas perde sobre Dilma.

Aécio entrou na berlinda por reagir mal, em nota demasiadamente enxuta e entrevistas balbuciantes, à notícia de que usou quase R$ 14 milhões, quando governador de Minas, numa pista de pouso que lhe serve de acesso a uma fazenda da família. Até ele explicar, se é que pode explicar, qual a serventia para o Estado e quantas vezes pousou lá, em que aeronaves e com quem, vai ficar "sangrando" na mídia.

Campos se vê no meio do mundo nebuloso da palavra de um (a do deputado José Augusto Maia, do Pros) contra outro (a do seu partido, o PSB), sobre compra de apoios.

E a economia, a mão pesada estatal, o desajuste do setor de energia? Ah! Isso é coisa para "a elite branca".

Fonte: Por Eliane Cantanhêde - Folha online.

Por outro lado 'Sérgio Gabrielli'


Todos os homens do ex-presidente Lula estão “amarrados”. Explica-se: Os homens de confiança de Lula ou estão na Papuda ou estão com os bens bloqueados, a exemplo do ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, que saiu queimado do episódio Pasadena e teve os bens bloqueados para futuramente ressarcir os cofres públicos.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Gladiadores ' Renan Calheiros & Benedito Lira'


O presidente do Senado, Renan Calheiros, cancelou todos seus compromissos em Brasília e irá visitar todos os municípios de Alagoas com a tarefa de eleger seu herdeiro, Renanzinho, governador.
 
A tarefa é árdua, porque terá que derrotar o senador Benedito Lira (PP), que não tem poupado Renan e o filho de ataques, muitas vezes, em golpes baixos. E o pior, é que Bill, como Benedito Lira é chamado no Estado não assume a autoria.
 
Renan garante que não o intimida e confia que diferente de quando ele concorreu e perdeu, agora Renanzinho vencerá as eleições para governar Alagoas.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

De volta 'Heráclito Fortes'


Após ser varrido do Senado Federal nas últimas eleições, o ex-senador Heráclito Fortes, teve a candidatura aceita pelo TRE/PI e vai concorrer a uma cadeira da Câmara dos Deputados.

Heráclito que já foi uma das estrelas do DEM, teve de se reinventar e hoje está lado a lado com Eduardo Campos, que no Piauí segura a lanterna na preferência do eleitorado.

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Opinião: O desastroso ‘NOVO CAMINHO’ na gestão de Agnelo Queiroz e sua equipe

E de se arrepiar o porque de um governo com 80% de rejeição ainda tenta de todas as maneiras uma reeleição ‘frustrante’. E aí se pensa em vários fatos impressionantes que ele faz ao tentar dizer que gerencia o GDF, como o fato de hoje noticiado pelo blog do Donny Silva 'Condenado por improbidade, 'Washington Luiz Sousa Sales' finalmente deixa o poder no GDF'.

Amigos o que um cidadão condenado por ‘Improbidade Administrativa’ desde 2011 e sendo desde esta data enquadrado na Lei da ‘FICHA LIMPA’ ou seja ‘FICHA SUJA’ fazia nos quadros do GDF como ‘comissionado – CNE 05’ e o mais tenebroso, na Governadoria do Distrito Federal, no Gabinete do Governador Agnelo Queiroz. 

Este fato repasso aos senhores leitores para uma análise de consciência de que este ‘NOVO CAMINHO’ comandado por Agnelo Queiroz e sua equipe não passa na verdade de um governo em que para amigos tudo, até o que se sugere fora da lei, como fato acima. Alegar que não sabia que este senhor estava condenado pelo TJDFT e com pena de ‘1 (um) ano, 2 (dois) meses e 12 (doze) dias de reclusão’ e sendo substituida por privativa de liberdade por ‘DUAS RESTRITIVAS DE DIRETO’, me parece brincadeira com a cara do eleitor. 

Bem, dia 05 de Outubro se aproxima e todos nós cidadãos que gostamos de nossa capital gostaríamos de ver ela bem gerenciada, aqui vai este recado, ou será que estou inventado alguma coisa? 

Segue condenação do TJDFT: 




Fonte: Informando e Detonando

DEPOIMENTO BOMBÁSTICO 'Edson Sombra'


A gravação inédita efetuada pela Policia Federal e divulgada com exclusividade pelo Jornalista Mino Pedrosa, do jornal de Brasília, onde o filmado é o Jornalista Edson Sombra, contando os bastidores de um enredo com traição, privilégios e dinheiro arrecadado, repercutiu muito mal no Tribunal de Justiça do DF.

Sombra confessa ter articulado a delação do até então seu amigo o ex-delegado Durval Barbosa, e tenta armar um flagrante contra Arruda na casa do ex-deputado Geraldo Naves, com privilégios televisivos para o repórter de uma grande emissora de TV e relata encontros com uma jornalista de um importante jornal da cidade.

Estranho é que em nenhum processo movido pelo MPDF este vídeo da PF apareceu, e a questão do dinheiro que ele obteve para ajudar o delator junto a desembargadores sequer é mencionado nas investigações. Bravata desastrada. 

O que teriam feito com o vídeo, ninguém sabe, ninguém viu, mas que ele é esclarecedor dos bastidores nada republicanos da operação, lá isto é. Até traição entre amigos aparece. É o vale tudo das eleições de 2010, ao vivo e à cores e que agora querem repetir no vale a pena ver de novo de 2014. 

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Só o casuísmo 'José Roberto Arruda'


Assim vem se manifestando os mais importantes advogados eleitorais sobre a possibilidade da condenação ocorrida após o registro de sua chapa ao governo impedir que prossiga em sua campanha rumo ao Buriti.

Líder das pesquisas com quase 20 pontos de vantagens, só a mudança radical da jurisprudência do Tribunal Regional Eleitoral e do Tribunal Superior Eleitoral podem retirá-lo da disputa.

Afinal se antes seus adversários já sonhavam em derrubar sua candidatura, agora que o registro foi feito é ideia fixa de que somente no W.O. alguns concorrentes terão chances com o eleitor em outubro. É esperar para ver.

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

METRÔ na campanha 'TRE'

A utilização indecente do sistema de propaganda veiculado no interior do Metrô/DF, alardeando informação negativa contra a candidatura do ex-governador José Roberto Arruda. É o cúmulo do uso da máquina pública.
 
Tomara que o TRE tenha coragem para punir de forma exemplar o Metrô/DF e a empresa que explora a mídia veiculada nas estações, por onde passam milhões de pessoas todas as semanas.
 
Do jeito que está a eleição vai se transformar em vale tudo e o que é público vira terra de interesse de alguns poucos. E ainda se fala em eleições limpas.
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

TSE divulga perfil dos candidatos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, ontem (22), o perfil dos candidatos ás eleições de outubro. São 24,9 mil candidatos que disputarão 1.709 vagas para os cargos de deputado federal, estadual e distrital, senador, governador e presidente da República, além de suplentes para o Senado e vices. O cargo mais concorrido é o de deputado distrital, sendo 1.003 candidatos para 24 vagas, representando concorrência de 41,79 por vaga. Para deputado federal e estadual são 13,19 e 15,71 candidatos por vaga, respectivamente.

Partidos, mulheres, instrução e faixa etária

O partido que mais tem candidatos é o PT, com 1.323, seguido pelo PSB (1.264); PSOL (1.221); PMDB (1.198); PV (1092) e PSDB (1086). A legenda com menos candidatos é o PCO (46). A boa notícia é que aumenta o número de mulheres disputando cargos públicos, serão 7.437 mulheres (29,81% do total de candidatos), em 2010 eram 5.056 (22,4%). Apenas 45% dos candidatos (11.429) têm curso superior completo, 30% tem ensino médio completo, e 1% (254) apenas lê e escreve. Nada menos do que 60% dos registros são de candidatos que têm entre 40 e 59 anos. A maioria dos pedidos de registros são de empresários (9,3%); advogados (5,5%); deputados (4,28%) e vereadores (4,21%).

Fonte: Informações Tiago Monteiro Tavares - Ons e Offs - Alô Brasília / Blog do Odir Ribeiro.

Perfil do Facebook Dilma Bolada é desativado


O perfil do Facebook Dilma Bolada — criado pelo estudante de publicidade Jeferson Monteiro, um entusiasta da presidente Dilma Rousseff foi desativado nesta quarta-feira. Monteiro não deixou claro por que tomou a decisão. Em sua página pessoal, publicou a seguinte mensagem: "Pra (sic) todos que estão perguntando: tirei a Dilma Bolada do ar, OK? Sem drama e sem mimimi." O post foi excluído em seguida. A página tinha mais de 1,4 milhão de fãs.

Monteiro disse ainda que a página do Facebook foi desativada, não excluída da rede, o que pode indicar que voltará ao ar em algum momento. Novamente, o post foi excluído minutos após ser publicado.

Aproveitando o sucesso do personagem, Dilma, a presidente, usou em setembro de 2013 a página de Dilma, a Bolada, para anunciar oficialmente seu retorno às redes sociais. Depois, o Planalto promoveu um encontro em que a presidente e o personagem conversaram com os simpatizantes via Twitter.

O perfil no Twitter @diImabr, que possui 235.000 seguidores, segue no ar. "Enquanto tem gente preocupada com o meu Facebook, eu estou aqui trabalhando. Bjs."

Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Templos eleitorais 'Procuradoria Regional Eleitoral'

Já está nas mãos do Procurador Regional Eleitoral a denúncia de que templos religiosos do Distrito Federal estão se transformando em verdadeiros comitês de campanha.

É só olhar se a denominação religiosa tem ou apoia algum candidato para que a fiscalização da justiça eleitoral possa comprovar o que está descrito nas denúncias.

Guarda de material, reuniões de cabos eleitorais, utilização das instalações para pedir votos e até mesmo promessas de emprego são alguns eventos que poderão ser comprovados, basta apenas querer.

Se a eleição tem que ser limpa e igual, este tipo de prática não pode estar ocorrendo nas barbas da justiça. 

Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Sargentos eleitorais 'Procuradoria Regional Eleitoral'

Outro ponto que a fiscalização eleitoral promete ser rigorosa é com a participação de servidores públicos, principalmente comissionados em comitês e atos de campanhas eleitorais.
 
Para os procuradores eleitorais, Brasília se destaca neste ponto pelo alto número de servidores da esfera federal e distrital, sem o menor controle do seu possível engajamento em campanhas.
 
Não é de hoje que a justiça eleitoral recebe este tipo de denúncias, mas a intenção é punir com rigor o uso da máquina pública, o que pode levar alguns candidatos a perderem seu registro. Afinal, cautela não faz mal a ninguém.
 
Na Procuradoria Regional Eleitoral o tratamento destas pessoas é como sargentos eleitorais, pois cabos já não seria a patente adequada. 
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.

Gratidão eterna 'Eduardo Campos'


O presidenciável Eduardo Campos cancelou toda a sua agenda em São Paulo e viajou para o Recife ontem à noite.
 
Foi informado de que era irreversível o quadro de saúde de seu grande amigo Ariano Suassuna. Queria estar ao seu lado e de sua família nos momentos derradeiros de uma longa caminhada que os uniu na política e na vida pessoal.
 
Eduardo estava abalado durante os compromissos ontem no interior de São Paulo.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Solidão política 'Michel Temer'


O presidente nacional do PMDB. Michel Temer, analisa entre o seu círculo mais íntimo os caminhos que podem ser percorridos para evitar seu isolamento completo dentro do partido dentro de uma eventual derrota da presidente Dilma Rousseff.
 
O problema é que Temer está sem clima independente de quem seja o ocupante do Planalto. Hoje, ele perdeu o respeito que tinha dos peemedebistas, da presidente Dilma e dos políticos da oposição.
 
Não perde a presidência do PMDB simplesmente porque não há convenção à vista. Se tivesse, nem disputaria um novo mandato.
 
Fonte: QuidNovi por Mino Pedrosa.

Investigação retomada 'Robério Negreiros'

 
Para alguns políticos o início do período eleitoral é o fim do inferno astral. Afinal a pauta dos veículos de comunicação fica mais cheia e eles acabam passando despercebidos. Para outros, nem tanto.
 
É o caso do Deputado Robério Negreiros, que desde a eleição passada se vê enrolado na representação movida contra ele pelo Sindicato dos Vigilantes do DF, por ter usado a estrutura da empresa da família, a BRASFORT, obrigando os empregados a votarem nele, além de indicarem outros eleitores, sob pena de demissão.
 
A representação que dormitava em berço esplêndido foi retomada em abril deste ano, com o acréscimo de que a pressão está ainda maior, conforme denunciou o radialista João de Deus, da Rádio Atividade, e deve voltar a pauta em breve. Quem viver verá. 
 
Fonte: COLUNA A VOZ DA VERDADE por Celson Bianchi.